NOTÍCIAS

título da imagem

IRC

Diferencial entre IRS e IRC pode levar a aumento do número de sociedades. Mas especialistas realçam ganhos de competitividade face a países europeus.

A redução da taxa de IRC tem sido apontada como um dos factores mais importantes para devolver a competitividade ao sistema fiscal e às empresas em Portugal. Mas manifestam-se também os receios quanto à forma de compensar a perda de receita inerente a uma redução da taxa e se isso vai ou não implicar aumentar a carga fiscal noutros impostos. Além disso, há ainda advertências quanto à possibilidade de existir um aumento de sociedades devido ao elevado diferencial entre as taxas de IRC e de IRS que vai passar a existir.


A comissão liderada por Lobo Xavier para reformar o IRC propõe uma redução gradual desta taxa para entre 17% e 19% até 2018 e a abolição das derramas municipal e estadual. Já a taxa de IRS máxima ultrapassa os 50%.

seguinte
Copyright 2018 FN Solutions desenvolvido por 4por4